Probasto - A Probasto
A Probasto
Historial

A Probasto, Associação de desenvolvimento Rural de Basto, apareceu na sequência de um trabalho conjunto das entidades locais em volta da elaboração e implementação do Plano de Desenvolvimento Agrícola Regional (PDAR) de Basto, o primeiro a ser aprovado no país, em Novembro de 1989.

 

Este processo teve origem num encontro realizado em Basto no ano de 1986 - O Futuro de Basto face à CEE - no qual a conclusão principal de todos os presentes (Autarquias, Cooperativas Agrícolas, Associações locais e Serviços Públicos) foi a necessidade de um programa de Desenvolvimento que a todos envolvesse. Com a publicação, em 1987, da legislação dos PDAR's (Programas de Desenvolvimento Agrícola Regional), foi mais fácil às entidades de Basto reunirem-se à volta de uma mesa e discutirem, ao mesmo tempo, os problemas comuns que os preocupavam, para os quais tinham diferentes perspectivas.

 

No momento em que o PDAR cumpria um ano de execução (Novembro de 1990), as entidades envolvidas tiveram conhecimento da existência de um novo Programa para o Mundo Rural, a iniciativa Comunitária Leader, e desde logo a assumiram como prioridade da sua estratégia, na medida em que essa Iniciativa iria, por um lado, cobrir uma área que a intervenção do PDAR (com carácter exclusivamente agrícola) não cobria e, por outro lado, representava a oportunidade de formalizar em Associação Local as entidades de Basto.Na verdade, o acesso ao Programa Leader só seria possível através da existência de uma entidade local, composta por um GAL (Grupo de Acção Local - corpo técnico), que elaborasse, em primeiro lugar, um Plano de Desenvolvimento Local justificativo da intervenção no território e garantisse toda a gestão dos projectos a serem financiados. 

 

Na altura, foi possível a constituição de uma equipa técnica pluridisciplinar, com um membro de cada concelho, de forma a garantir uma maior descentralização, na medida em que, parte do atendimento e apoio à população poderia ser feita, in loco, na sede de cada concelho.  A Probasto foi, assim, constituída em Agosto de 1991, pelas autarquias dos concelhos que constituem as Terras de Basto (Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Mondim de Basto e Ribeira de Pena), pela Caixa de Crédito Agrícola Mútuo e Associação Mútua de Seguro de Gado - Mútua de Basto. Esta iniciativa teve a particularidade de marcar o primeiro momento de trabalho conjunto entre os quatro municípios que, a partir daí, mantiveram hábitos de parceria e cooperação em torno do nome de Basto. Este facto viria a contribuir decisivamente para a afirmação de Basto em contexto regional, por um lado, e para a afirmação de uma identidade que remete para um conceito territorial, por outro: exemplo disso foram as diversas empresas que surgiram associadas ao nome “Basto”.

 

Em 2001 alargou-se a parceria, tendo-se associado à Probasto a UNILSETE - União Juvenil das Sete Freguesias, a Empresa Municipal - Qualidade de Basto, EM, a Rural Basto - Cooperativa de Desenvolvimento Agro-Florestal de Basto, CRL e o Grupo Cultural e Recreativo de Mondim de Basto e no ano de 2007 constituiu-se como associado da Probasto a Associação Florestal de Ribeira de Pena.

 

Já no decorrer do ano de 2008, a Probasto viu a sua parceria alargar-se a outras entidades locais que se associaram mais recentemente: Núcleo Empresarial de Mondim de Basto, Mondinense Futebol Clube, Santa Casa da Misericórdia de Ribeira de Pena, Associação Cultural Desportiva e Recreativa de Balteiro, Associação de Desenvolvimento Empresarial de Ribeira de Pena, Associação de Solidariedade Social de Basto, Cooperbasto - Cooperativa Agrícola de Basto e Pinto & Bastos Supermercados.

 

O alargamento da parceria surge como uma oportunidade de diversificar o leque de áreas representadas na Probasto, com o objectivo de uma maior representatividade das actividades sócio-económicas da região, com vista a uma melhor implementação da estratégia de actuação a delinear. Estas novas áreas passam por: a área da formação, área do desporto, área do turismo, área empresarial e a área social.

 

A experiência adquirida ao longo destes anos de actividade, em torno do Programa Leader e PRODER, tem permitido à Probasto reflectir sobre os processos adoptados e acções levadas a cabo, sendo certo que as sucessivas propostas de desenvolvimento apresentadas e desenvolvidas foram feitas na tentativa de articular as três fases desse Programa de Iniciativa Comunitária - Leader I, Leader II, Leader+ e do sub-programa 3 do PRODER - através da generalização das experiências que consideramos positivas e já conseguidas e correcção de alguns aspectos que se revelaram menos eficazes. Nos últimos anos, a par da gestão do Programa Leader/PRODER e tendo em vista complementar as iniciativas apoiadas por este programa com outros instrumentos financeiros, a Probasto esteve envolvida no projecto EQUAL “Parques com Vida”, com vista à organização de uma rede constituída por agentes, representantes de produtos locais de qualidade dinamizadora do turismo.

 

Com vista a uma intervenção mais integrada e optimização dos recursos utilizados, a Probasto participou na implementação de vários projectos de cooperação, quer interterritorial, quer transnacional, nomeadamente, Aldeias de Tradição, Aldeias de Portugal, Promoção do Entre e Douro e Minho Rural, De Basto a Redange-Wiltz e Sementes de Futuro.

 

A Probasto continua a estar presente, individualmente ou em cooperação com as restantes associações LEADER, nas principais feiras de turismo, artesanato e outras temáticas em que seja possível representar este território. Os vinhos, as carnes e fumeiro das raças autóctones, o mel, os doces, os desportos e turismo de natureza, o turismo rural, o artesanato, e o próprio território, constituem um cabaz global, cuja imagem a Probasto já consolidou e procura divulgar e contagiar, sobretudo em espaço regional. Com vista a uma promoção da oferta e das potencialidades do território elaborou-se o roteiro das Terras de Basto e o Site da Probasto.

 

Actualmente, a Probasto encontra-se a implementar a Estratégia de Desenvolvimento Local (EDL),  apresentada e aprovada na candidatura para intervenção e gestão territorial, no âmbito do “Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLCB) rural”, nos concelhos de Mondim de Basto[JM1] , Celorico de Basto, Cabeceiras de Basto e Ribeira de Pena, para o período 2014-2020 - "DLBC Rural Terras de Basto"

253662025 | 253662025